header

Revista nº 1

outubro 2001

NOVOS
AUTORES

Aqui estão cinco poemas inéditos de Rui Miguel Rocha, 28 anos, andebolista profissional e estudante de Medicina.
Anatomia Íntima dos Sentidos e O Pó dos Poemas foram os dois livros já editados na Elefante Editores por Rui Miguel Rocha.

Rui Miguel RochaRUI MIGUEL ROCHA

Onde do homem
o animal encontro:
o tronco

E por ele abaixo
as tuas pernas

E eu líquido estorvo


Ainda não começaste a ser rio
e és já sulco
cicatriz

Às vezes recuas no tempo
abandonas o teu destino
e sorris


Apesar de tudo
é a ti que me dirijo
quando desejo saber do sol
no interior dos frutos
– as suas cores –

E é isto o saber-me inútil:
conhecer as sílabas
ignorando as flores


Escolhíamos as palavras
como quem come cerejas
às escuras:

nunca as mais negras
muito menos a eito
apenas ao tacto
as maduras


Rodeavas-te de pequenas verdades:

“As maçãs nascem nas pedras” dizias

Trincavas os seixos
e atiravas fora os restos

Hoje existem macieiras
nesta pedreira

UM POEMA DE VEZ EM QUANDO
ABERTA A COLABORAÇÕES

A nossa revista está aberta à colaboração de poetas de língua portuguesa. Se deseja publicar poemas, divulgar iniciativas relacionadas com a poesia, dar opiniões, escreva-nos. Obrigado.

Voltar